Família despede-se de pastor alemão doente fazendo-o muito, muito feliz

Porque os grandes heróis merecem todo o esforço que estiver ao nosso alcance!

Charlie era apenas um bebé quando Kevin Navid o levou para casa. À medida que foi crescendo, deu provas suficientes do seu amor e gratidão. Ainda há quem duvide da força do laço que une um pastor alemão aos seus donos?

Se há, surpreenda-se. Charlie foi capaz dos gestos mais emocionantes: sentou-se, por exemplo, ao lado de Penny (esposa de Kevin) e lambeu-lhe a cabeça calva quando ela enfrentava um cancro na mama e a dureza dos tratamentos de quimioterapia. Nada lhe passava ao lado.

“Ela sabia que algo estava mal e tomou conta da minha mulher”, contou Navid, em declarações à WFAA-TV. Apesar da natureza gentil e amorosa da cadela, a família sempre sentiu que ela teria dado um excelente cão-polícia. No entanto, o destino trocou-lhe as voltas e foi-lhe diagnosticado um tumor cerebral.

A dura realidade (que nenhum dono quer, sequer, imaginar) estava diante dos seus olhos: era necessário avançar para a eutanásia. Mas antes disso, os Navid fizeram questão de garantir mais alguns momentos de felicidade à companheira de uma vida: levaram-na a comer o mais delicioso dos hambúrgueres e um irresistível gelado que a deixou a lamber o focinho!

Além disso, pelo caminho, cruzaram-se com o agente da polícia Jim Bryan e pediram-lhe para tirar uma fotografia com Charlie. Jim não só cumpriu o desejo como fez com que a imagem (visível abaixo) fosse partilhada pelo Departamento policial com uma legenda a conceder à cadelinha o título de Oficial Honorário K9.

Também poderás gostar: