Pastor alemão esfaqueado por assaltantes ao tentar proteger a casa

A lealdade do cãozinho jamais será esquecida! Como qualquer pastor alemão, Wagner tem um instinto naturalmente defensivo.

Apesar de estar ‘aposentado’, o patudo mantém orgulhosamente o estatuto de cão de guarda, defendendo o dono, Randy Price, com unhas e dentes.

Aliás, os dois sempre foram inseparáveis, talvez devido ao período de tempo em que trabalharam juntos na área da segurança.

“Ele adora estar lá fora a cumprir a sua tarefa: proteger o jardim”, reconheceu, lamentando que essa coragem tenha tido um preço. Numa noite, um intruso (ou vários) invadiram a casa de Randy – entrando pela garagem – e Wagner não hesitou em fazer-lhes frente, acabando por ser esfaqueado.

Foi então que o outro pastor alemão da casa começou a latir, dando sinal de que algo se passava. Price levantou-se, pegou “numa lanterna e numa arma” e percorreu a casa, à procura do ladrão.

Ainda assim, já não encontrou ninguém, deparando-se com uma cena que lhe partiu o coração: Wagner ferido, repleto de sangue.

“Eu não cheguei a ver a pessoa que lhe fez aquilo”, lamentou, garantindo que, se a tivesse apanhado, teria feito justiça. Indiferente à dor, o pastor alemão agarrou-se à vida e lutou.

Também poderá gostar...