Cães-Lobo: o que são e as razões pelas quais não pode ter um!

Nascem do cruzamento de espécies e têm de ser tratados de acordo com a sua natureza! Os cães-lobo não são domesticáveis!

Os cães-lobos são tão semelhantes geneticamente que é difícil (mesmo para os cientistas) explicar com o máximo detalhe os motivos pelos quais os lobos (e os cães-lobo) são animas selvagens e os cães os “melhores amigos do homem”. No entanto, não restam dúvidas: há diferenças comportamentais que fazem com que os lobos não possam ser domesticados! Isto quer dizer que não devem ser considerados animais de estimação!

Assim sendo, apesar de, aparentemente, se assemelharem a um cão absolutamente normal, os cães-lobos precisam de cuidados muito específicos. Além de necessitarem de grandes espaços para correr e de se sentirem livres, podem tornar-se agressivos, por exemplo, em relação à comida. É por isso que ‘adotar’ um cão-lobo não é uma decisão que possa ser tomada de ânimo leve.

Veja os vídeos mais abaixo…

Tal como é possível perceber no vídeo abaixo, partilhado pelo canal “Camels and Friends” (especialista em animais considerados exóticos), um cão-lobo nunca deve ser capturado e levado para casa (por mais amor que esteja disposto a dar-lhe). Estes animais precisam de manter o seu lado ‘selvagem’ para serem felizes.

“É impossível manter um lobo como animal de estimação. Só é possível mantê-lo… como lobo”, esclarece a responsável.

Não há como negá-lo: são seres encantadores, aliando os instintos selvagens dos lobos e os instintos domésticos dos cães. Entre as raças mais escolhidas para o cruzamento com o lobo estão o husky siberiano, o malamute do Alasca e o pastor alemão.

You may also like...